sábado, 22 de janeiro de 2011

Agradáveis surpresas marcam mundial na África

Apesar de sempre apresentar equipes fortes, não podíamos apontar uma seleção espanhola que tivesse marcado história. Este quadro começou a mudar em 2008 quando a Espanha conquistou a Eurocopa. Parecia que finalmente a seleção ibérica poderia fazer um grande mundial

No ano seguinte, o fracasso na Copa Ouro (sendo eliminada na semifinal pelos Estados Unidos) certamente deixou uma pulga atrás da orelha dos espanhóis. No início da Copa, a situação ainda piorou. A derrota na estréia para a Suíça fez muitos torcedores e críticos acreditarem que a Espanha, mais cedo ou mais tarde, fracassaria de novo.

Evolunido na competição e mostrando um bonito futebol, a Espanha não apenas conquistou o título, mas também os torcedores.

A Holanda, mais uma vez, ficou no quase. O vice-campeonato frustrou a Laranja Mecânica, que também apresentou um futebol forte e criativo.

A Copa da África pode não ter tido grandes zebras, mas tivemos agradáveis surpresas. Podemos dizer que zebra, mesmo, foi a eliminação da França na primeira fase - como em 2002. O resto da competição foi emocionante com jogos equilibrados, mas sem uma grande zebra a ser apontada.

Celeste Olímpica volta a brilhar
Depois de 40 anos sem chegar a uma semifinal, o Uruguai acabou na quarta colocação, o que deixou muitos amantes do futebol contentes. Apesar de passar por jogos dramáticos contra Gana e Coréia do Sul. Ver o Uruguai bem na Copa trouxe um pouco de esperança àqueles que esperam por um Uruguai forte e combativo como no passado.

O auge da Celeste foi nas quartas-de-finais, quando nos descontos da prorrogação, o atacante uruguaio Soares evitou um gol de Gana com as mãos (confira este vídeo). O gol daria a vitória aos africanos. Na cobrança, Asamoah errou e na disputa de pênaltis o Uruguai venceu. Apesar da expulsão, Soares foi tratado como herói em seu país.

A história se repete
Desde 94 a Alemanha não figurava entre as favoritas, mas como sempre chegou nas fases finais e garantiu a medalha de bronze, confirmando a tese de que não importa a situação da seleção bávara, eles sempre chegarão longe.

Curiosidades
Desde a década de 30, a Europa não conquistava um bicampeonato seguido. Em 34-38 a Itália foi bicampeã mundial, desde então a Europa não conseguia desbancar os sul-americanos por duas Copas consecutivas. Em 2010, eles conseguiram quebrar o jejum (pois a Itália foi a campeã de 2006).

Pela primeira vez na história, o time anfitrião nõa passou da primeira fase. Apesar de uma vitória, um empate e uma derrota, a seleção sul-africana, comandada por Carlos Alberto Parreira, não passou para as oitavas-de-final

domingo, 16 de janeiro de 2011

Ficha dos jogos da seleção na Copa de 2010

15/06/2010 - Ellis Park (johanesburgo)
Árbitro: Viktor KASSAI (HUN)

Gols: MAICON (BRA) 55', ELANO (BRA) 72', JI Yun Nam (PRK) 89'

Brasil
[1] JULIO CESAR (GK)
[2] MAICON
[3] LUCIO (C)
[4] JUAN
[5] FELIPE MELO (-84')
[6] MICHEL BASTOS
[7] ELANO (-73')
[8] GILBERTO SILVA
[9] LUIS FABIANO
[10] KAKA (-78')
[11] ROBINHO
[13] DANI ALVES (+73')
[18] RAMIRES (+84')
[21] NILMAR (+78')

Coréia do Norte
[1] RI Myong Guk (GK)
[2] CHA Jong Hyok
[3] RI Jun Il
[4] PAK Nam Chol
[5] RI Kwang Chon
[8] JI Yun Nam
[9] JONG Tae Se
[10] HONG Yong Jo (C)
[11] MUN In Guk (-80')
[13] PAK Chol Jin
[17] AN Yong Hak
[6]KIM Kum Il (+80')

20/06/2010 - Soccer City (Johannesburgo)
Árbitro: Stephane LANNOY (FRA)

Gols: LUIS FABIANO (BRA) 25', LUIS FABIANO (BRA) 50', ELANO (BRA) 62', Didier DROGBA (CIV) 79'

Brasil
[1] JULIO CESAR (GK)
[2] MAICON
[3] LUCIO (C)
[4] JUAN
[5] FELIPE MELO
[6] MICHEL BASTOS
[7] ELANO (-67')
[8] GILBERTO SILVA
[9] LUIS FABIANO
[10] KAKA
[11] ROBINHO (-93')
[13] DANI ALVES (+67')
[18] RAMIRES [CA] (+93')

Costa do Marfim
[1] Boubacar BARRY (GK)
[4] Kolo TOURE
[5] Didier ZOKORA
[8] Salomon KALOU (-68')
[9] Ismael TIOTE
[11] Didier DROGBA
[15] Aruna DINDANE (-54')
[17] Siaka TIENE
[19] Yaya TOURE
[20] Guy DEMEL
[21] Emmanuel EBOUE (-72')
[10] GERVINHO (+54')
[13] ROMARIC (+72')
[18] Kader KEITA (+68')
25/06/2010 - Durban Stadium (Durban)
Árbitro: Benito ARCHUNDÍA (MEX)

Brasil
[1] JULIO CESAR (GK)
[2] MAICON
[3] LUCIO
[4] JUAN
[5] FELIPE MELO (-44')
[6] MICHEL BASTOS
[8] GILBERTO SILVA
[9] LUIS FABIANO (-85')
[13] DANI ALVES
[19] JULIO BAPTISTA (-82')
[21] NILMAR
[17] JOSUE (+44')
[18] RAMIRES (+82')
[23] GRAFITE (+85')

Portugal
[1] EDUARDO (GK)
[2] BRUNO ALVES
[5] DUDA (-54')
[6] RICARDO CARVALHO
[7]CRISTIANO RONALDO
[10] DANNY
[15] PEPE (-64')
[16] RAUL MEIRELES (-84')
[19] TIAGO
[21] RICARDO COSTA
[23] FABIO COENTRAO
[8] PEDRO MENDES (+64')
[11] SIMAO (+54')
[14] MIGUEL VELOSO (+84')
28/06/2010 - Ellis Park (Johannesburgo)
Árbitro: Howard WEBB (ING)

Gols: JUAN (BRA) 35', LUIS FABIANO (BRA) 38', ROBINHO (BRA) 59'

Brasil
[1] JULIO CESAR (GK)
[2] MAICON
[3] LUCIO
[4] JUAN
[6] MICHEL BASTOS
[8] GILBERTO SILVA
[9] LUIS FABIANO (-76') [10] KAKA (-81') [11] ROBINHO (-85')
[13] DANI ALVES
[18] RAMIRES
[16] GILBERTO MELO (+85') [20] KLEBERSON (+81') [21] NILMAR (+76')

Chile
[1] Claudio BRAVO (GK)(C)
[2] Ismael FUENTES
[4] Mauricio ISLA (-62')
[5] Pablo CONTRERAS (-46' Int.)
[6] Carlos CARMONA
[7] Alexis SANCHEZ
[8] Arturo VIDAL
[9] Humberto SUAZO
[11] Mark GONZALEZ (-46' Int.)
[15] Jean BEAUSEJOUR
[18] Gonzalo JARA
[10] Jorge VALDIVIA (+46' Int.) [20] Rodrigo MILLAR (+62') [21] Rodrigo TELLO (+46' Int.)

02/07/2010 - Nelson Mandela (Port Elizabeth)
Árbitro: Yuichi NISHIMURA (JAP)

Gols: ROBINHO (BRA) 10', Wesley SNEIJDER (NED) 53', Wesley SNEIJDER (NED) 68'

Brasil
[1] JULIO CESAR
[2] MAICON
[3] LUCIO
[4] JUAN
[5] FELIPE MELO
[6] MICHEL BASTOS (-62')
[8] GILBERTO SILVA
[9] LUIS FABIANO (-77')
[10] KAKA
[11] ROBINHO
[13] DANI ALVES
[16] GILBERTO MELO (+62') [21] NILMAR (+77')

Holanda
1] Maarten STEKELENBURG (GK)
[2] Gregory VAN DER WIEL
[3] John HEITINGA
[5] Giovanni VAN BRONCKHORST
[6] Mark VAN BOMMEL
[7] Dirk KUYT
[8] Nigel DE JONG
[9] Robin VAN PERSIE (-85')
[10] Wesley SNEIJDER
[11] Arjen ROBBEN
[13] Andre OOIJER
[21] Klaas Jan HUNTELAAR (+85')

Leia Também

Os internautas também curtiram