quinta-feira, 29 de setembro de 2011

Uma vitória "café com leite"

Alguém realmente acha que o Brasil venceu um "superclássico"? Na minha opinião, alguém (CBF, Globo, sei lá) deve ter ganho, ou lavado, muito dinheiro com esses jogos prá lá de sem-graça.

Ao pé da letra, a ideia até é bacana: seleção só com jogadores 'nacionais', dois jogos contra a Argentina... mas na prática tava na cara que o Brasil não ficaria com o troféu se jogasse muuuuito mal. Dois jogos fraquíssimos para tentar mascarar os últimos fracassos da seleção brasileira.

A seleção argentina sem os jogadores da Europa é um tremendo combinado. A seleção brasileira também não é lá essas coisas, mas ainda contou Lucas e Neymar, por exemplo. Ainda assim Mano teve que recorrer ao bom e velho Ronaldinho Gaúcho para montar um seleção mediana.

Na boa, para mim, Mano ainda deve uma grande vitória. Essa Argentina tava mais fraca que a Venezuela. Se fosse contra a seleção vinho-tinto, a qual não vencemos a três jogos, o alívio seria maior.

Se continuar apresentando este futebolzinho que não vence nem da Venezuela ou Paraguai, 2014 será uma grande decepção. Talvez, só assim para uma oposição a Teixeira se fortalecer.

Nenhum comentário:

Leia Também

Os internautas também curtiram