domingo, 29 de janeiro de 2012

Desafio das estrelas da NHL

Na noite de ontem, pude acompanhar o desafio das estrelas da NHL. Um verdadeiro show!

Para começo de conversa, um exemplo de organização e profissionalismo de todos os profissionais envolvidos: marketing, administração, jornalismo... Me deixando com água na boca.

Foram inúmeras competições de habilidade, como velocidade, potência de chute, etc. O meu destaque foi para o desafio de gol mais criativo. Hilário! No começo, os jogadores não pareciam tão criativo e tentavam improvisar manobras que davam errada, até a fenomenal apresentação de Perry. Depois disso, teve goleiro defendendo de costas e até superman. 

Segue um LINK MUITO BOM, do site oficial. Selecione o canal 2012 All Star Games para ver o desempenho dos atletas. A opção Breakway Challange é referente ao desafio de gol mais criativo, citado acima.

São eventos como esses que me fazem perceber cada vez como o esporte brasileiro é amador, mesmo o futebol. E ainda iremos sediar olimpíadas e copa do mundo, como se nossas autoridades respeitassem e apoiassem o esporte.

sexta-feira, 27 de janeiro de 2012

Mais um jogo empolgante vai mudando minha visão sobre o Tênis

Repetindo a Final do ano passado, Djokovic derrotou o britânico Murray na manhã desta sexta-feira em um jogo épico que durou quase cinco horas.

Ambos apresentaram jogadas sensacionais e alternaram, evidentemente, momentos de explosão e cansaço. Com inúmeros "ralis" fica até difícil lembrar qual foi o momento mais emocionante. No último set, Djokovic chegou a abrir 5-2, mas o britânico empatou. Na sequência, Djokovic fechou o jogo e venceu por 7-5.

Super Final
Vale lembrar que Djokovic e Nadal já fizeram um jogo de 5 horas (lembro ainda que, na Final, Nadal venceu Federer, que ate chorou).

O tênis incansável e de pura garra de Nadal leva vantagem no geral. São 16 vitórias contra 13 do sérvio. Mas no ano passado, Djokovic venceu seis finais contra o espanhol.

Recomendo
Eu sempre sempre achei tênis meio chato de assistir, mas de um ano pra cá, tenho visto muitos jogos e o esporte vem ganhando espaço na minha vida. Os jogos são emocionantes e exigem muito dos atletas.

Claro, ainda não sou expert no assunto, mas estou aprendendo muito. Para quem está ficando de "saco cheio" desse futebol "miserável" dos últimos anos, é uma boa alternativa.

Os jogos podem ser demorados. Eu navego pelos canais ou pela net, mas não tiro o foco do jogo e assim, vou acompanhando e me interessando e cada vez mais, troco menos de canal quando vejo uma partida, principalmente de Grand Slam.

domingo, 22 de janeiro de 2012

A weekend of good games

This weekend i could watch some good football matches like Arsenal x Manchester United; Lazio x Inter; Totteham x Manchester City... games with a lot of stars. I also watched matches of African Cup. Games without so much stars and glamour, but, sometimes, much more intense and exciting.

CAN
Playing at home, Equatorial Guinea won Lybia. The game was very exciting. Equatorial Guinea played at home and the fans could see the home team win by 1x0. The goal was scored three minutes to the end.

The other saturday game, Zambia x Senegal, was also exciting. For many peoples, Senegal was a favorite, but Zambia showed a fast and efficient football and won by 2x1.

Perhaps the African teams do not have the money and the stars of European football, but without doubt, this weekend, the games were exciting as the top European games.

domingo, 15 de janeiro de 2012

Até quando deve durar a crise do Boston Celtics?

Se por um lado o São Paulo tem me decepcionado no futebol, por outro, o meu time favorito da NBA, o Boston Celtics consegue ser pior.

No início da temporada, poderíamos dizer que o time de Boston um dos Top 5 como favoritos ao título, mas bastou alguns jogos para perceber que o time tem que melhorar muito para, ao menos, passar aos play-offs.

Sexta-feira, pude acompanhar o confronto contra o Chicago Bulls. Mesmo jogando em casa, o Boston sempre esteve atrás no placar e perdeu por 88 a 79. A equipe ocupa a décima posição ( de 15) na Conferência Leste, com quatro vitórias e sete derrotas.

No sábado o time perdeu de novo, para o Indiana Peacers, e acumulou a quarta derrota seguida.

Próximos jogos
De olho na tabela desta semana, as coisas podem melhorar um pouco para os Celtics. O jogo mais complicado deve ser o de segunda-feira, contra o Oklahoma, líder Oeste. Para mim, jogo perdido.

Depois, encara o Toronto, time que derrotou duas vezes na pré-temporada. A equipe canadense, vai mal na temporada, tanto quanto os Boston, e o jogo deve ser equilibrado, mas o Boston tem tudo para vencer.

Na sequencia, encara o Phoenix Suns e o Washington Wizards, duas equipes que estão muito ruins, por isso, acredito que esta semana deve melhorar um pouco para os fãs dos Celtics.

segunda-feira, 9 de janeiro de 2012

A 200 dias das Olimpíadas

Faltam 200 dias para o início das Olimpíadas de Londres. Hoje os organizadores levantaram alguns dos principais pontos sobre os Jogos. O foco do discurso foi a utilização das estruturas milionárias após a realização das olimpíadas.

Segundo o primeiro-ministro britânico, David Cameron, o investimento para os jogos é de aproximadamente R$ 26,5 bilhões, sendo 11% destinados á segurança do evento.

Principais obras
Como em todos os jogos olímpicos, o centro aquático deve ser uma das obras mais visitadas durante os jogos e depois também A expectativa é que o local receba até 800 mil visitantes por anos e realize eventos de elite de natação, saltos ornamentais, pólo...

Outra construção de grande valia é a Arena Handebol. Além de eventos esportivos, após as olimpíadas, o local deverá receber eventos musicais e culturais.

AccelorMittal Orbit, estrutura com 115 metros de altura (maior que a estátua da Liberdade), é outra estrutura que deve atrair incontáveis turistas após a realização dos jogos. Espera-se que o local seja visitado por até um milhão de turistas após os Jogos.

Agora só falta saber quem assumirá a administração do estádio Olímpico e do centro internacional de mídia. Segundo os organizadores, estes são como se fossem a cereja do bolo.

sábado, 7 de janeiro de 2012

Mavericks não deve conquistar bicampeonato

Os atuais campeões da NBA não começaram bem a temporada e dos oito jogos que fez até aqui, venceu apenas três. Claro que estamos muuuuito longe dos playoffs e muito água ainda passará por baixo desta ponte, mas com o basquete apresentado até aqui, se não mudar radicalmente, o Dallas Mavericks, sequer pode chegar a ficar entre os 16 da temporada.

O time de Nowitzki, Kid, Carter e companhia tem uma boa chance de se recuperar nos próximos dois jogos. Enfrenta os fracos times de New Orleans e Detroit, depois encara uma barra pesada, Boston Celtics.

Candidatos ao título
Apesar de estarmos no início da temporada, já podemos traçar algumas fortes equipes que devem brigar pelo título. O interessante é perceber que a maioria dos times fortes estão na conferência Leste.

O vice campeão da temporada passada, Miami Heat aprece no topo da lista. Chicago Bulls e Boston Celtics também podem levantar o caneco. Pelo laldo do Oeste, o mega favorito segue sendo os Lakers de Los Angeles.

Depois  de tantos imbróglios, a temporada começa quente e me leva a crer que teremos grandes jogos pela frente.

terça-feira, 3 de janeiro de 2012

Saem Falcão e Marta. Fica Neymar

Parece praga, mas um dia depois de desejar falar menos de futebol, uma notícia tristemente bombástica me chamou a atenção. Depois de se desfazer da equipe de futebol de salão, a diretoria do Santos anunciou o fim do time feminino de futebol.

Aparentemente, o clube não consegue patrocinadores e manter as duas modalidades prejudicaria o futebol profissional.

Valeu Globo! Valeu Neymar!
Como ferrenho crítico da monopolista Rede Globo, ouso dizer que a falta de apoio da emissora ao esporte, em geral, pode ter muito a ver com este fato.

Enquanto a população brasileira se aliena em torno de Neymar e cia. o esporte brasileiro segue vergonhoso.

Realmente, arcar com o salário de Neymar em troca de se desfazer de dezenas de atletas (e profissionais em geral) do futebol feminino e do futsal, deve valer a pena.

Obviamente, o menos culpado disso é o camisa 10 do time santista. Mas, para mim, acaba sendo o grande ícone da troca de valores que a terceira maior rede de televisão do mundo faz.

Olimpíadas
Em ano de Olimpíadas, nada melhor que ignorar cada vez mais os demais esportes, e focarmos fanaticamente o futebol.

Enquanto atletas de verdade ralam duro, tiram dinheiro do bolso, e seguem anônimos, certamente a Globo continuará focando as firulas do "novo Pelé" Neymar, as saidelas do "imperador " Adriano...

O fim do futsal e futebol feminino do Santos, me deixam ainda mais rancoroso e desacreditado no futebol brasileiro. Sem falar dos cartolas bandidos e criminosos que regem o futebol...

segunda-feira, 2 de janeiro de 2012

Em 2012, desejo falar menos de futebol

Não que eu esteja desgostoso com o esporte bretão, mas acho que no Brasil os verdadeiros atletas são os que jogam vôlei, basquete, handebol e tantos outros esportes ignorados pela mídia (leia-se Rede Globo). Canais por assinatura até incentivam até bastante, mas infelizmente não é o bastante.

Por isso, como meta pessoal, vou fuçar mais o que acontece nos outros esportes para comentar e opinar neste blog, embora, eu mesmo acredite que ao final de 2012, ainda assim terei mais posts de futebol que de qualquer outro esporte. Seja lá como for, está lançado o desafio pessoal para o ano corrente.

Talvez, o maior rival seja a falta de tempo. Nem tanto de escrever, mas de pesquisar e ler sobre os demais esportes.

Vamos ver o que vem por aí!

Leia Também

Os internautas também curtiram