quarta-feira, 27 de junho de 2012

Americanos gostando mais de futebol. Devemos nos preocupar?

Tenho lidos algumas informações interessantes sobre a MLS (Major League Soccer), pois adoro acompanhar os jogos online. Pode ter certeza que é muito melhor que acompanhar os jogos do Brasileirinho  Brasileirão.

A começar pela imagem que já é bem melhor. Ainda posso falar dos estádios, dos gramados, da  organização, do trabalho de marketing e, acreditem ou não, até da torcida. E não seria exagero que a qualidade técnica é bem próxima do praticado no "país do futebol".

Para encurtar o texto, pois para mim já é quase madrugada (21:30), nem vou levantar dados do futebol feminino praticado em terras Yankees.

MLS tem mais público que NBA
"Vira e mexe" tenho lido matérias falando do crescimento do esporte nos Estados Unidos, daí meu interesse em me aprofundar no assunto. Descobri, por exemplo que a média de público nos jogos de futebol já é maior que nos jogos da NBA. Será o Benedito? Não! É o profissionalismo.

Só para ressaltar, já é maior que o Brasileirão.

O futebol é uma febre por lá. E isso me fez refletir no seguinte: como os estadunidenses são natos para o esporte e investem pesado para serem o número um do mundo, até onde a seleção masculina pode chegar? Um dia poderão ser campeão do mundo?

EUA campeão de uma Copa?
Não duvido que eu veja os Estados Unidos campeão do mundo antes de morrer. Se @Pelé fosse o autor dessa frase estaríamos todos rindo, mas como sou eu........ podem rir também.

Pode parecer exagero, mas vamos imaginar uma quadro de evolução gradativa.

Evolução gradativa
Na verdade alguns passos já foram dado, como a própria criação da MLS. O futebol feminino já é a potencia mundial a ser batida, o que é um gigantesco passo.

Imagine que com investimento na base (o que não é difícil) o país forme jogadores e equipes jovens competitivas.

Acho que um grande passo poderá ser uma disputa por medalha olímpica. Como os estadunidenses são mestre em organização e planejamento a longo prazo, acredito que em breve, a meta do futebol Yankee seja conquistar um ouro olímpico - como já fizeram Camarões e Nigéria, ou seja, não é impossível tirar o ouro olímpico de seleções mais tradicionais.

Sem falar nas categorias de base. Possivelmente veremos as próximas gerações de futebolistas dos Estados Unidos conquistando algumas façanhas.

A seleção principal já frequenta a Copa com regularidade e não é raro avançarem de fase. Aos poucos, certamente, começaram a brigar para terminarem entre os oito melhores, e quando isso começar a acontecer, eles trabalharão firme para se manterem entre as dez melhores seleções do mundo.

Talvez, uma medida que possa alavancar de vez seja a abertura do mercado para a contratação de estrelas do futebol mundial (porque certamente dinheiro e patrocinadores não faltam por lá). Imagine uma MLS com dinheiro para competir com a Europa de igual.

Outro ponto positivo é que o país tem uma grande diversidade racial. São imigrantes latinos, italianos, alemães, africanos, o que é altamente favorável ao esporte.

EUA e outros azarões
Para mim, o que difere os Estados Unidos de outas seleções que alcançam uma geração vitoriosa (Dinamarca, Colômbia, Turquia, Camarões, Nigéria...) é que os Estados Unidos não dependem de uma geração de ouro, eles trabalham na base, para dar continuidade ao trabalho.

O objetivo não é alcançar uma ascensão meteórica. Eles trabalham para gerar uma base forte, com muito profissionalismo e toda organização que o mundo conhece.


São apenas hipóteses, mas espero que um dia eu possa escrever "eu já sabia".

segunda-feira, 25 de junho de 2012

Dá para acreditar neste Atlético Mineiro?

Só não vou dizer que este é o Atlético Mineiro mais promissor que eu já vi jogando porque minha memória é fraca. Talvez, no final dos anos 90 tivesse um bom time. De cabeça, lembrava que tinham ido longe, pesquisando na net, relembrei o vice de 99Claro que minha memória não me permite relembrar daquele time e pesquisei para ver como era o elenco daquele #Galo e confesso que não me impressionei.

Neste ano, acho que o clube montou um time equilibrado, e conseguiu formar um elenco bem homogêneo, para não ficarem dependentes de um único jogador. Minha única ressalva é a contratação de Ronaldinho Gaúcho. Para mim um péssimo negócio, mas até que vai funcionando.


Bom setor defensivo
Acho que o time vem trabalhando bem na defesa. Réver, que para mim poderia ganhar umas chances na seleção brasileira, e Leonardo Silva formam uma dupla bacana, gostaria muito de tê-los no meu time. Os laterais também são eficientes. Se Júnior César para muitos é um fiasco, acho que realmente não é excepcional, mas olhando para as outras opções, ele é o melhorzinho no Brasil -pelo menos, o menos pior.

Meia canja
Souto e Pierre fazem o meu gosto. Não gosto muito do Richarlyson, ou Ricky, como queiram huahauhau. Leandro Donizete e Escudero também são jogadores que podem dar um caldo no Galo.



Sobre Ronaldinho, acho que nem vale escrever muito sobre. Mas o que posso dizer é que até agora, ele vem correspondendo, já sabemos o que podemos esperar e é isso que ele vem fazendo: correspondendo, ainda que seja a nível médio. Independente de ser meia ou atacante.


Ataque
Danilinho é um bom jogador e Jô e André já viveram dias melhores, mas estão compondo elenco e isso vale muito, já deixa o Atlético-MG com enorme vantagem sobre os demais clubes brasileiros.


Torço pelo Galo
Espero que este time leve o Atlético Mineito longe. Uma vaguinha na Libertadores já seria um grande passo.

sábado, 23 de junho de 2012

Deu o previsível, de forma imprevista

Como previsto no início da temporada, o título da NBA ficou mesmo com o #MiamiHeat. O time era visto pela maioria dos especialistas como o mais forte da temporada e depois de altos e baixos acabou, enfim conquistando o título do principal campeonato de basquete do mundo. Chegava a se comentar que seria um passeio do Heat. Ainda bem que não foi.

Algumas vezes, parecia que o time de Miami teria o mesmo destino do ano passado: o quase. Aparentemente, o time recheado de estrelas e comandado pelo "monstro" #LeBronJames tinha muito mais badalação que concentração para levantar o caneco.

Le Bron James mostrou que é um jogador para ficar na história, nos dois últimos jogos da série semifinal contra os @Celtics. Faltando um jogo para encerrar o confronto, quando todos já apostavam no time de Boston, James se agigantou e foi decisivo até o fim da competição.

Enfim, apesar das reviravoltas, polêmicas e todas as emoções das grandes competições, apesar de terminar no previsível, não podemos dizer que a temporada foi previsível. Para mim, o que ficou foi o carimbo de Le Bron James.

quarta-feira, 20 de junho de 2012

World Cup, Olympic Games and Employment

Continuing talking about World Cup and Olympic Games in Brazil, this is third and last post shoeing the mais strenghts expected. After write about investments and tourism, let's see some good things about creation of jobs.

According to research by Institute of Administration (FIA), as a result of the Olympic Games, it's expected generate more than 120.000 direct and indirect jobs between 2007-2016 (year of realization of the Olympics).

After the Olympic Games a lot of jobs will still created. The brazilian government announced that between 2017 and 2027 will be created 130.00 jobd, just because Olympics.

The sector of contruction is that will be most benefited. Peoples who works in Communication shoul be in alert. Many jobs in Communications should be created, like in visual communications field.

In World Cup, Government expect to creat 330.00 permanent jobs and others 380.00 temporary jobs. Besides the construction field, brazilian government announced big investment in communications, public transport, airports and ports around the country.

It's important note that benefits of the World Cup will be distributed around the country, in a way more efficient than Olympics - because the Olympics will happens just in Rio de Janeiro.

domingo, 17 de junho de 2012

Geração de empregos com Copa e Olimpíadas

Continuando o balanço sobre a realização da Copa do Mundo e das Olimpíadas no Brasil, resolvi fazer o terceiro e último post mostrando os principais pontos positivos esperados. Depois de falar das previsões para o Turismo e do investimento. Hoje vou escrever um breve post sobre a geração de empregos.

Segundo pesquisa levantada pela Fundação Instituto de Administração (FIA), em decorrência dos jogos olímpicos espera-se a criação de mais de 120 mil empregos diretos e indiretos entre 2007 e 2016 (ano da realização das olimpíadas).


Mesmo após a realização dos jogos olímpicos, muitos empregos ainda serão criados. Entre 2017 e 2027, foi divulgado a criação de até 130 mil empregos.

O setor que deve ser mais beneficiado é o da construção civil. Para os comunicólogos, vale ressaltar que os empregos da área de Comunicação também devem aumentar consideravelmente em diversas áreas, como por exemplo no setor de comunicação visual.

Para a Copa do Mundo o governo prevê a criação de 330 mil empregos permanentes e mais 380 empregos temporários. Além da construção civil, o governo anunciou forte investimento no transporte público, aeroportos e portos do país.

Vale ressaltar que os benefícios da Copa do Mundo serão distribuídos pelo país de uma forma mais eficiente que nas olimpíadas - já que os jogos olímpicos acontecerão somente no Rio de Janeiro.


domingo, 10 de junho de 2012

Two teams none squad

Brazil will be destroyed in 2014
Anyone may explain me why, GOD, CBF (Brazilian Football Confederation) have this "paranoia" to keep one coach for two team: olympic and "A team" (main team, first team)?

The Olympic team is undefined, the main squad too. Mano Menezes will start to build the main team just after the Olympic Games - on second semester of this year. This means that he will prepare the team for World Cup less than two years to the event.

Argentina, Uruguay, Germany, Spain and other great international teams are playing for Qualifying or Euro. This means those teams are playing tough games. And Brazil are preparing the olympic team. The international teams will come to Brazil with squads that are being prepared for four years, the host squad will have a  squad prepared just for a year and a half.

New Maracanazo is coming
This is not quantum physics
Is it so hard to understand that brazilian team are wasting the time? I think that Brazil is too close to losing the World Cup again. A new "Maracanazo" is upcoming.

We have no idea who will be the goalkeeper, neither the defenders or the defensive midfield. Are Hernanes and Ramires in first eleven? And Hulk? Is he good enough to be in first eleven? Who are the strikes: Pato, Damião, Neymar, Fred? Is Neymar on first eleven for ever? He just can't play well in hard games.

There are many questions and no answers.

Brazil took a lot of goal
The "pressing style" is not working. Brazil lost to Argentina and Germany by four. Brazilian team can pressing against Egypt, USA or Colombia, but it's not working against good teams like Holland, Uruguay, Argentina or Germany. In fact didn't work neither against Mexico or Paraguay.

I belive in a new "Maracanazo" because CBF insists to keep one coach for two teams. Brazil will be unprepared to World Cup. Time is running.

sábado, 9 de junho de 2012

Seleções olímpica e principal deveriam ser separadas

Principais rivais do Brasil estão realizando jogos de alto nível
Alguém, "for mother of GOD", poderia me explicar o porquê dessa paranoia da CBF de o mesmo treinador ficar encarregado pela seleção olímpica e principal ao mesmo tempo?

A seleção olímpica continua sem medalha de ouro e a principal vai caindo no despreparo. O Brasil só vai começar a preparar a principal no segundo semestre, ou seja a menos de dois anos da Copa do Mundo. Enquanto Argentina e Uruguai disputam as eliminatórias, os europeus estão na Eurocopa. Ou seja, passando por uma belíssima "pré-temporada". E a "Canarinho" fazendo amistosos com o time olímpico. Até acho que os recentes adversários foram bem escolhidos, mas não preparou em nada a seleção que disputará a Copa.

As principais seleções do mundo chegarão ao Brasil com equipes que estão se preparando há quatro anos, enquanto a seleção local terá apenas um ano e meio de entrosamento.

Isso não é física quântica
Será que é tão difícil assim de perceber que a seleção brasileira está perdendo tempo?

Vamos raciocinar o que seria mais "trágico" ao futebol brasileiro: não conquistar o ouro em Londres, ou não vencer a Copa em casa - de novo?

Estamos a dois anos da Copa e ainda não temos ideia de quem serão os laterais. O goleiro será Julio Cesar? E os voltantes? Hernanes e Ramires? Acho que não. Existe alguma coisa neste Universo que faça Neymar deixar de ser titular? Quem são os atacantes mais cotados para irem à Copa? Hulk tem futebol para ser titular da seleção na Copa do Mundo?

Já não é raro tomar muitos gols
Em um próximo post farei uma análise sobre os amistosos das últimas semanas. Não acho que tenha sido resultados tão desastrosos, mas também não foram convincentes. O ruim mesmo é não saber quem destes jogadores estão sendo preparados para a Copa.

O estilo "blitz" vai funcionar com a seleção principal. Pois até agora não acho que vem funcionando. Contra equipes fracos é o mais lógico a se fazer, mas jogar assim contra Argentina, Espanha, Alemanha é pedir para ser goleado - aliás, fomos; basta lembrar que já o Brasil recentemente já tomou de quatro de alemães e argentinos.

Enquanto continuar esta paranoia de um treinador comandar as equipes principal e olímpica, continuaremos despreparados tanto para a Olimpíadas como para a Copa do Mundo.

quinta-feira, 7 de junho de 2012

Boston tem pernas para ser campeão?

O Boston Celtics chegou sem muita credibilidade para disputar a final da conferência contra o "todo poderoso" Miami Heat. A verdade é que apesar de toda idolatria e agitação pelo time dos Heats, eles ainda não venceram nada. Ano passado foram vice campeões e ainda desfilavam como os melhores do mundo.

Para confirmar o favoritismo, precisam vencer os dois próximos jogos contra o Boston para chegarem à final da NBA e encararem o embalado Oklahoma Thunder. O time de Oklahoma fez uma excelente série contra o San Antonio Spurs, que eu particularmente julgava melhor, e chega com muita moral à final.

Boston precisa vencer o cansaço
Por outro lado, o Boston também fez grandes jogos contra o Miami Heat. Para ser sincero, até arrisco dizer que apesar das duas derrotas, numa visão geral, os Celtics foram mais fortes que os Heats nessa série - tirando o primeiro jogo.

O que eu questiono é se os grandes jogadores de Boston - Allen, Garnett e Pierce - têm fôlego para continuarem atuando em alto nível, inclusive nas finais, levando em consideração a idade dos atletas.

Diga-se que passagem que o jogo de hoje é em Boston, onde o time da casa venceu 15 dos 16 jogos que fez na temporada contra os rivais de hoje. O favoritismo é todo dos Celtics.

Boston x Oklahoma
Vou torcer muito pelo Boston Celtic, mas acho que este ano o título dificilmente será tirado de Oklahoma. Os Thunders já eliminaram o Dallas Mavericks(4-0), o Los Angeles Lakers (4-1) e o San Antonio Spurs (4-2) e devem vencer a série contra o Boston ou o Miami. 

Vamos ver se Allen, Pierce e Garnett consegue nos surpreender e levar este título para o Boston mais uma vez.

O jogo será transmitido pela ESPN internacional a partir das 21h.

segunda-feira, 4 de junho de 2012

Devils ainda podem sonhar?

Parece mesmo que o time do LA Kings está disposto a fazer história na NHL. Na verdade já está fazendo, pois é o primeiro time a chegar nos playoffs em oitavo e eliminar os números um, dois e três. Levantar o caneco será algo desafiador.

Mas quem está acompanhando as finais -a ESPN está transmitindo - com certeza está vendo que este time não chegou até aqui por acaso.

Apesar de uma temporada regular, o time tem mostrado brio e muita gana. Até dá gosto de vê-los jogar.

Derrubando favoritos
A especialidade tem sido mesmo eliminar os favoritos nestes playoffs. Logo no início, poucos apostavam que poderiam eliminar os Canucks. Em seguida, grandes jogos elevaram a moral do time que eliminou ainda o St. Louis Blues em apenas quatro jogos. Foi o único time a fazer 4-0 na semifinal das conferências.

Eu mesmo acreditava que Devils e Rangers era uma espécie de final antecipada. Para minha alegria, os Rangers foram eliminados e até me contentaria com o título dos Devils, mas o time de Los Angeles pode surpreender com mais esta vitória na série, se bem que já estou achando que surpresa seria o time de Nova Jersey virar a série, já que os dois próximos jogos serão em Los Angeles. O retorno de Cagne pode dar ainda mais ânimo aos Kings

Enfim, nesta semana pelo menos mais dois grandes jogos me esperam. Fiquem ligados.


Leia Também

Os internautas também curtiram